Buscar

28 de Julho - Dia Mundial Contra as Hepatites Virais


#FuturoSemHepatites: Hepatite é a inflamação do fígado. Pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns medicamentos, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas ou genéticas. Hepatites podem ser silenciosas , nem sempre

As hepatites virais B e C afetam cerca de 325 milhões de pessoas no mundo, causando 1,4 milhão mortes por ano. Esta entre a maiores causas de morte por doenças infecciosas e é comparável à do HIV, tuberculose ou malária e provavelmente excederá o número de vítimas dessas três doenças combinadas até 2040.

Estima-se que 57% dos casos de cirrose hepática e 78% dos casos de câncer primário de fígado sejam causados pelos vírus das hepatites B e C. A hepatite é evitável, tratável e, no caso da hepatite C, curável. No entanto, mais de 80% das pessoas que vivem com hepatite carecem de serviços de prevenção, testagem e tratamento.


O tema para a campanha lançado pela OMS para este ano é «Por um futuro sem hepatites», e chama a atenção para a prevenção da Hepatite B para mães e seus recém nascidos, com atenção especial a transmissão materno-filial do vírus.


A OMS solicita a todos os países que colaborem para eliminar as hepatites virais e a considerem coo um grande problema de saúde publica e lembra dos Objetivos de Desenvolvimento Social, as ODS.


Na campanha deste ano trás 5 (cinco) pontos cruciais que devem perdurar para que alcançamos o patamar de saúde sustentável:

PROTEGER a todos os lactantes do vírus .  Todos os recém nascidos devem ser vacinados contra a hepatite tipo B e receber, pelo menos, duas doses adicionais, seguindo o calendário nacional de vacinação.

DETER a transmissão entre mãe e filho.   Todas as gravidas devem ser examinadas, como rotina pré natal, para hepatites B, infecção por HIV e sífilis e receber o tratamento necessário quando diagnosticas. NÃO DEIXAR NINGUÉM PARA TRÁS.  Todas as personas devem ter aceso aos serviços de prevenção, teste e tratamento de hepatite, incluindo as pessoas com problemas com drogas ilícitas, imigrantes, vulneráveis, sem tetos e os grupos de população possivelmente mais afetados. AMPLIAR o acesso dos testes para diagnóstico e ao tratamento .  Os teste de diagnóstico e o tratamento oportuno das hepatites virais podem prevenir o câncer de fígado e outras doenças hepáticas graves. MANTER os serviços essenciais relativos a hepatites durante a pandemia de COVID-19.  Os serviços de prevenção e tratamento das hepatites são essenciais em qualquer momento, mais ainda durante a pandemia de COVID19.

Os pacientes diagnosticados com hepatite crônica e avançada ou que se curaram de Hepatite C, mas tem sequelas hepáticas, podem ter maior risco de complicações graves de COVID-19. Fique atento é proteja-se!


Fontes: http://bvsms.saude.gov.br/ - https://www.paho.org/ - https://www.who.int/


Este conteúdo é exclusivo do Instituto Contemplo, por favor, caso compartilhe informe a fonte.

Colaboração: Lapidando Palavras e Alfazemas Comunicações.

#FuturoSemHepatites ##FuturoSinHepatitis #hepatie #saúdesustentável #InstitutoContemplo #Covid19 #DiaMundialdeCombateaHepatites #CâncerdeFigado #cirrose #OPAS #PAHO #MS #ONU #ODS #WHO

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exame e/ou o tratamento médico e/ou fomentar a automedicação. Em caso de dúvidas, fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O conteúdo do Portal Instituto Contemplo não tem nenhuma relação comercial com seus patrocinadores, bem como com a publicidade veiculada no site.
INSTITUTO CONTEMPLO © 2019 All Rights Reserved
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle